Desilusão: danço eu, dança você, na dança da solidão...



Olá amigos ! ! ! 


Hoje quero conversar com vocês sobre um sentimento que todos nós já tivemos e que é muito dolorido: a desilusão. Gente, como isso machuca, não é? Faz-me lembrar uma música do Paulinho da Viola que diz: "Desilusão, desilusão, danço eu, dança você na dança da solidão..."

Quantas  vezes nós já passamos por isso e quantas ainda vamos passar? Creio que muitas. Temos o costume de criar expectativas sobre as coisas, as situações, as pessoas...Sonhamos, imaginamos, voamos alto...e depois, quando os fatos não acontecem do jeito que queremos, ficamos nos sentindo magoados, tristes, deprimidos...

Fazemos nossos planos e contamos com a realização e sucesso deles, e quando não se realizam, ficamos desmontados. Ai, então, costumamos reclamar da vida, das pessoas e, muitas vezes, de nós mesmos, por não sermos bons o bastante para conseguir concretizá-los. Ficamos decepcionados com a vida, com as pessoas e com a gente mesmo...Indagamos: Como não aconteceu como eu havia imaginado?

Isso acontece desde uma situação corriqueira até os grandes dramas de amor. Ficamos decepcionados, simplesmente, por não encontrarmos um produto que queríamos no supermercado ou por colocarmos nossa fé total em uma pessoa que não correspondeu às nossas expectativas.

Se nos inferiorizarmos, se fazemos de nossos sonhos o objetivo de nossa vida, se todo valor que acreditamos colocamos fora de nós, e não dentro, nossa decepção acaba sendo permanente. As pessoas não estão aí para nos servir. Somos muito mimados, queremos que os outros solucionem nossas necessidades, e quando não o fazem, desiludimo-nos. Com quem você esta decepcionado agora? Olhe e perceba o que queria dessa pessoa, e também o que deixou de fazer para si mesmo. Toda queixa é confissão.

Você não assume o poder quer tem, não assume a responsabilidade sobre você próprio, mas quer que o outro assuma. É cheio de medo, mimado, pretensioso e depois reclama. Cria um modelito e quer que os outros cumpram. Inventa um filminho em sua cabeça e depois quer forçar a vida a encená-lo. Num passe de mágica, tudo deveria ser como imagina, não quer aceitar a realidade por julgá-la cruel e negativa.

A dificuldade que temos em lidar com a real traz grandes desilusões, decepções, dor e sofrimento. Fecha-mos para ela e ainda nos colocamos como ofendidos e traumatizados. Não a consideramos boa o suficiente para nós? seres tão maravilhosos e bons. Então vingamos: já que ela não foi como achávamos que deveria ter sido, decidimos não ser como ela gostaria que fossemos.

Que tal olhar-se e ver onde está se pondo. Que tal ser verdadeiro com o que sente e enfrentar as ilusões que tem sobre a vida? Que tal enfrentar os seus medos? 

A verdadeira sabedoria começa onde termina o medo e começa a vida. Somos livres para escolher o que queremos para nós; a realidade à nossa volta será igual aos nosso nível de consciência, ela refletirá a responsabilidade com que nos assumimos.

Temos senso, não precisamos deixar a imaginação tomar conta. Não podemos nos condicionar a sermos felizes somente quando nossos planinhos acontecem. Quem alimenta muita ilusão acaba sempre em desilusão...Todas as vezes que colocamos em nosso discurso, um deveria, um tinha que, estamos deixando que nossa ilusão tome conta. E esquecemos que somos apenas seres humanos repletos de erros e acertos, enganos e desenganos...Todos nós queremos, de uma maneira ou de outra, ser feliz. Todos nós nos iludimos muito e sofremos com o outro. Cobramos de nós mesmos que sejamos a perfeição encarnada e esperamos que o outro também seja.

Quando somos responsáveis por nós mesmos, assumimos o poder de atrair as coisas que queremos, pondo-nos no melhor, e assim esse melhor vem para nós. Ao nos libertarmos de nossos sonhos, a vida abre a porta da realidade palpável de sua beleza.


Então, que tal assegurar-se em si mesmo? Que tal confiar em si e naquilo que realmente é? Onde escolherá se pôr? no seu melhor ou no seu pior? Vai ficar ai decepcionado com o mundo ou vai assumir a responsabilidade sobre si? Vai ficar mais perto de si e apoiar-se, ou vai colocar-se como vítima decepcionada das situações, porque seus sonhos não se realizaram? 
Vai assumir seu poder ou vai deixar-se ficar desiludido? A escolha é sua...

(Por Lousanne de Lucca)


Beijos com muito carinho e até o próximo se Deus quiser...


34 comentários :

  1. Creo que lo mejor es no dejar que otras personas nos lastimen. No vamos a poder evitar que nos maltraten, pero no debemos dejar que eso nos haga daño.

    ResponderExcluir
  2. Desilusões acontecem em várias áreas de nossas vidas, mas nem por isso podemos deixar que fiquemos estagnadas. Pelo contrário! Devem nos fazer ter gana e prosseguir! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Hola Marilene, como siempre tus palabras están llenas de sabiduría y tenemos mucho que aprender de ellas. Gracias por tu generosidad al compartirlas, de todas ellas se saca una pequeña lección de la vida y de nosotros mismos.
    Muchos besos.

    ResponderExcluir
  4. A memória acaba por apagar grande parte dos momentos que vivemos,
    dos risos que demos e das lágrimas que deixamos mas
    à uma coisa que nunca se esquece, os amigos.
    Os amigos ficam para toda a vida e
    costuma-se dizer que a amizade verdadeira é eterna.
    Os amores vêm e vão mas os amigos
    continuam sempre presentes nas nossas vidas.
    È nisso que eu acredito ou já teria
    fenecido.
    Um carinhoso abraço minha linda amizade.
    Beijos na alma..Evanir.
    Amiga obrigada pelo seu carinho conosco adoramos conhecer você infelizmente
    a gente estava num missão .
    Beijos nossos e Deus te abençoe sempre.

    ResponderExcluir
  5. Sofro de desilusões constantes, mas já percebi que já não me abate tanto quanto anos anteriores.
    Oro, choro e renasço para novo dia.Pq é pra frente que se anda.
    E cada desilusão me ensinou a entender que se não foi é pq não era pra ser, algo melhor me espera lá na frente.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Minha querida Marilene
    Que texto! Quanta boa lição!
    Um grande autor e consultor, o dr.Richard Carlson também diz que« De facto,pensamos melhor, com mais nitidez e mais inteligentemente, quando as nossas mentes não estão atulhadas de preocupações, de sobressaltos.
    Em qualquer momento, a nossa mente pode começar a trabalhar a nosso favor ou conra nós; mas podemos aprender a aceitar as leis psicológicas naturais que nos regem e, assim, viver de acordo com elas, quando compreendemos como usufruir com a vida, m vez de lutar contra ela.»
    Com dois autores a dizerem praticamente o mesmo, o melhor é seguir os conselhos de quem sabe.
    Obrigada pelo texto.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  7. A desilusão é um balde de água fria que nos molha até à alma...
    Magnífico texto, gostei.
    Marilene, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Cada etapa da vida nos faz aprender....
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  9. Olá Marilene,
    A escolha é nossa, e sempre estamos onde nos colocamos,
    não adianta querer achar culpados.
    Criar menos expectativas sobre tudo e todos, também evita muitas desilusões...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Olá Marilene!
    Eu então acho que fiquei especialista em desilusões, porque sou um pouco burra, crio expectativas sobre as pessoas, confio nas pessoas, acho que todas as pessoas têm boas intenções, blá blá, depois vejo que me enganei, que acreditei nas pessoas quando não devia...sofri muito por causa disso. Hoje já não. Porque sinceramente, penso que essas pessoas perdem mais da vida do que aquilo que eu perco.
    Um bom texto de L. de Lucca para reflectir.
    xx

    ResponderExcluir
  11. Olá Marilene!
    Eu então acho que fiquei especialista em desilusões, porque sou um pouco burra, crio expectativas sobre as pessoas, confio nas pessoas, acho que todas as pessoas têm boas intenções, blá blá, depois vejo que me enganei, que acreditei nas pessoas quando não devia...sofri muito por causa disso. Hoje já não. Porque sinceramente, penso que essas pessoas perdem mais da vida do que aquilo que eu perco.
    Um bom texto de L. de Lucca para reflectir.
    xx

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga Marilene
    O ideal seria não criar expectativas mas somos movidos pela emoção e vez por outra nos decepcionamos e aí não tem jeito vem a desilusão. Tenho procurado usar mais a razão mas ainda me perco no emaranhado das emoções. Mas até as desilusões nos oportunizam belas lições e aprendizados.
    Amiga amada como foi lindo te conhecer. A expectativa correspondeu verdadeiramente ao sentimento germinado no coração. Foi demais estar contigo.
    Beijos e afagos no coração
    Gracita

    ResponderExcluir
  13. Plante em seu coração a sementeira do amor,
    pois assim ampliarás o seus dias de alegria.
    Que o senhor ilumine os seus caminhos levando a tristeza sempre pra longe,
    bem longe de você.
    Enchendo seu coração com a divina fé,
    Continue a ser essa pessoa maravilhosa que você é,
    e seu coração estará a onde
    estiver a sua alegria de viver.
    Um feliz e abençoado final de semana.
    Beijos paz e luz ,Evanir.
    Obrigada por ser minha Amiga.

    ResponderExcluir
  14. Com você quero dançar,
    Não na dança da solidão
    Para em sua mão pegar
    Com toda a prontidão!

    Quero o seu rosto beijar,
    Com perfeita afeição
    Quero afagos lhe dar
    Tranquilizar o seu coração!

    Para você tudo de bom desejo,
    Tranquilidade e muito amor
    Nas suas pétalas dou um beijo
    Desabrochada linda flor!

    Obrigado pela carinhosa visita,
    desejo-lhe um boa noite e um bom dia de domingo.
    Um beijo para você amiga Marilene.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilene!Obrigada por sua sempre feliz visita!
    Concordo plenamente com a autora do texto! Isso da gente só ser feliz se casarmos com aquela pessoa ou se a pessoa em questão for embora a vida pra nós acabou, é infelicidade na certa.A felicidade deve depender só de nós mesmos,e aí podemos compartilha-la com outra pessoa.Bjo!

    ResponderExcluir
  16. Querida Marilene
    Este texto retracta na perfeição um dos sentimentos mais desagradáveis que podemos sentir - a desilusão.
    Quando tal nos sucede parece que o mundo vai desabar!
    Há casos em que não teríamos como evitar que tal acontecesse.
    Deixamo-nos "embalar" por lindas palavras, aparências que nos encantam, gestos que nos enternecem... e depois verificamos que tudo não passou de falsidade.
    Mas também acontece a desilusão surgir por nossa culpa, não fomos suficientemente perspicazes para ver o que estava mesmo à vista, "quisemos" ser enganados porque isso nos dava a ilusão de felicidade... A desilusão que surge nestes casos custa ainda mais a suportar.
    Temos que construir a nossa própria felicidade, não a fazer depender de terceiros...
    Gostei muito do post.

    Uma semana muito feliz.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. A desilusão é pesada quando é em cima de algo ou alguém que gostamos muito.
    O texto é brilhante, mas acredito que a frase: "Quando somos responsáveis por nós mesmos, assumimos o poder de atrair as coisas que queremos, pondo-nos no melhor, e assim esse melhor vem para nós." é a mais significante. Principalmente porque combina com a pergunta final.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Voltei para ver as tuas novidades.
    Mas não há... voltarei depois, por certo já terás publicado um novo post.
    Querida amiga Marilene, bom resto de feriado e bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde, Marilene. Passando para te oferecer o Prêmio The Cracking Chispmouse Blogggywog Award, que eu recebi da amiga Rose Sousa, e estou oferecendo aos amigos.
    Espero que goste e fique à vontade para aceitar.
    Ainda não terminei a postagem, mas já me adianto avisando.
    O prêmio está no blog "Carinhos Em Selos"

    http://carinhosemselosdosamigos.blogspot.com.br/

    Beijos na alma e lindo feriado de paz!

    ResponderExcluir
  20. Oi É muito triste nos decepcionar com alguma coisa.Mas faz parte da vida, o certo é não nos deixar abater por isto.Seguir em frente.Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi Marilene! Como está?
    Nem sempre temos força para impedir ou sair de uma situação conflitante e decepcionante. Mas, após a catástrofe, podemos nos entregar ao sofrimento, à descrença e ao desencanto ante as pessoas, ou sair fortalecidos e prontos para outras batalhas, confiantes em nós mesmos e ainda insistindo em ser feliz. A escolha da vertente pertence a cada um. Sofrer ou ser feliz depende exclusivamente de uma escolha. Às vezes, nos decepcionamos conosco mesmos, imagine com os outros!!!
    Um grande e saudoso abraço e tenha bons dias!

    ResponderExcluir
  22. Quanto tempo ñ passava por aqui queridinha..nunca pssei por uma desilusão mas que deve ser brabo nê kkkkkk...mas tudo na vida passa...entrega para Deus !!!vim te desejar um Feliz mês de Maio..Quando ñ há nada a perder arrisque tudo..aproveite bem o mês de Maio ..beijus aparece no meu cantinho !!!

    ResponderExcluir
  23. Olá, querida Marilene
    Escolho ficar na realidade encantadora que a vida nos propicia... mesmo com pedacihnos de fel... de vez em quando...
    Seja abençoada e feliz!!!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  24. Concordo com o texto muito bom
    Já sofri minhas desilusões e não foi fácil
    mas a gente vive nessa vida, com pessoas
    e coisas que nos faz sofrer, temos que ter mais cuidado


    Abraços com carinho de sempre
    Bjuss
    Rita!!

    ResponderExcluir
  25. Marilene,um texto excelente! Antes de sair decepcionado com o mundo fazer uma auto análise pode nos livrar de muitas tristezas. Adorei! bjs,

    ResponderExcluir
  26. Olá Marline obrigado pela sua visita, quero fazer do seu carimbo em forma de comentário a cor do sonho seu
    Rosa vermelha é a magia do seu carinho
    Que me deu
    Suas palavras fonte de inspiração
    Suas palavras acendem o meu olhar
    Rosa vermelha há em seu olhar,
    Assim viajo pelo seu Blog uma viagem em sonho
    Nas delicadas linhas do infinito

    ResponderExcluir
  27. Amiga um lindo e interessante texto...DESILUSÃO affff quem já não as viveu.... E Para não dançar eu, dança você como diz na música, eu resolvi da melhor forma... "Não esperar nada de ninguém, assim a desilusão e decepção é bem menor ! Bjs no coração amiga

    ResponderExcluir
  28. Você é uma querida Mari, obrigada pelo carinho me deixado, e quero lhe dizer que você consegue transmitir toda sua doçura e sua amizade para comigo, a recíproca é a mesma, você também mora no meu coração <3
    Bjos amiga

    ResponderExcluir
  29. Oi Marilene! Cheguei através de Anne Lieri. Excelente reflexão a sua proposta. Abaixo todo o complexo de vira-lata. Beijo!

    ResponderExcluir
  30. Creio que devemos, primeiro nos conhecer bem e depois vigiar os nossos desejos, pois somos frutos daquilo que pensamos constantemente e em consequência atraímos para nós.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Creio que devemos, primeiro buscar nos conhecer bem e depois vigiar nossos pesnsamentos e desejos, póis somos frutos daquilo que pensamos constantemente e ssim, atraímos para nós.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Olá Marilene,

    Vim conferir o texto sugerido pela Anne. Excelente!
    Verdade que as expectativas exageradas nos levam a decepções e frustrações, tanto com relação às pessoas quanto aos nossos sonhos. Equilíbrio é fundamental, além da capacidade de percebermos que a perfeição não existe e que temos que contar com nós próprios em quaisquer circunstâncias. É falta de maturidade exigir e esperar das pessoas mais do que podem oferecer. As escolhas são sempre nossas e a cada passo equivocado resta-nos assumi-los e procurar fazer diferente. E, afinal, apesar da desilusão doer, ela nos ensina a caminhar por caminhos mais seguros.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  33. Olá amiga!!
    Como esta você minha querida esta tudo bem?
    Agora falta pouco tempo amiga quem sabe sou abençoada
    e Deus me liberta dessas dores só assim poderei
    visitar com mais frequência minhas doces amizades.
    Tenho notado a ausência de muitos porém tem razão ñ estou conseguindo
    passar nos blogs.
    Espero que me perdoe por estar ausente
    infelizmente tem que existir da minha parte a palavra aceitação.
    Fiquei feliz em conhecer vc em SP.
    Pouco tempo ficamos juntos o suficiente
    para saber que realmente és um
    grande amiga.
    Um beijo carinhoso.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  34. Toda vez que ansiamos demais, acabamos nos decepcionando, pois nem tudo é como sonhamos ou queremos ...

    Mas o importante é nunca perder a Fé e Esperança, e sempre continuar tentando ...

    Bjks
    My

    ResponderExcluir

Olá ! Sua visita é muito importante pra mim... Ela enche meu coração de alegria...Não saia sem deixar o seu carinho...Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Folhas Flores e Sutilezas... © Copyright 2013. Design by Jaah Templates da Jaah .